Buscar
  • Marcela Argollo

Corona Vírus: O que ele impacta na formação dos líderes do futuro?

O COVID-19, mais conhecido como Corona Vírus, foi descoberto em meados da década de 60 porém chegou no ano de 2020 como uma epidemia mundial. Começou na China e logo foi se espalhando para Europa e Américas. Coincidência ou não, em 2011, o filme Contágio estrelado por Gwyneth Paltrow, Matt Damon e Jude Law relata exatamente o que estamos passando agora! Será que de alguma forma já estávamos prevendo isso?

Se olharmos de maneira restrita, a epidemia é um episódio extremamente triste, pois estamos lidando com a vida de milhares de pessoas no mundo inteiro. Mas aprendi a reprogramar minha mente ao longo dos meus últimos 3 anos, e em momento de crise, conseguir enxergar o problema como um todo e começar a olhar tanto o lado bom (afinal TUDO na vida tem lado bom e ruim) e tirar também as oportunidades desse fato.

E quais seriam as oportunidades de desenvolvimento que eu encontrei? Comecei a fazer um pouco do link entre as consequências nas atitudes da maioria dos seres humanos (sim infelizmente nem todos os seres humanos são evoluídos, portanto esse artigo é para aqueles que são) e os skills que nós precisamos evoluir daqui para frente.

E consegui encontrar alguns links que precisamos começar a refletir um pouco mais tanto como ser humano (colaboradores) como gestores (empresa).

Nestas duas últimas semanas as empresas se viram na obrigação de enviar seus funcionários para casa e trabalhar em home office. E qual o resultado disso?? Ao meu ver, as empresas começaram a quebrar um pouco o Tabú de que não se poderia ter funcionários de home office, ou que eles não conseguiriam performar devidamente. Será que realmente é isso que vem acontecendo? Será que no retorno das atividades não conseguiríamos mudar um pouco o mindset quanto a melhorar a qualidade de vida dos funcionários dando a eles TEMPO a menos no deslocamento para o office e dando TEMPO a mais para o que quer que ele precise fazer? (seja limpar a casa, fazer exercício físico ou apenas levar o filho na escola diariamente).

Precisamos exercitar um pouco nossa inteligência emocional, desenvolvimento intrapessoal e resiliência. Sim, estamos passando por uma crise, e precisamos ter paciência para esperar que ela passe! Essa geração atual (Geração Y) é uma geração extremamente imediatista, sem paciência e que vive em constante mudança. Isso é bom? Sim extremamente bom saber se adaptar as mudanças, porém em contrapartida você precisa também desenvolver a resiliência. O que aprenderemos nesse período? Que tudo passa!! É preciso apenas ter resiliência (quando eu digo que tudo passa não é para você aguardar de forma passiva, é apenas aguardar e no momento correto você age).

Em momentos de crise, é comprovado que seres humanos na sua grande maioria se mostram serem seres humanos, com compaixão ao próximo, solidariedade aqueles com menos condições e acabam de alguma forma colaborando para que o convívio em sociedade se perdure. No prédio aqui da minha rua, os mais novos saem para fazer mercado para os mais velhos! Tem exemplo mais lindo para se dar aos nossos filhos do que esse gesto de carinho compaixão e amor ao próximo?

Desta forma, estamos aos poucos conscientizando nossa geração e as subsequentes de que evoluir é o único caminho para nos tornarmos líderes natos!


0 visualização
 

Formulário de Inscrição

11-987717712

©2020 por Marcela Argollo. Orgulhosamente criado com Wix.com